Verdadeira Fruta do Conde

Existem muitas variedades de anonaceas cultivadas no Brasil. Isso gera muita confusão na identificação das espécies, principalmente por comerciantes de mudas frutíferas, que acabam vendendo mudas de uma variedade por outra. Já pude constatar o Biribá sendo vendido por Fruta do Conde, Pinha por Atemoia, etc. O problema é que temos muitas variedades conhecidas pelos mesmos nomes populares nas diversas regiões do país.
Abaixo, temos os tipos de mais comuns cultivados e comercializados no Brasil, com seus nomes científicos e populares.


Cherimola ou Cherimoia - (Annona cherimola) é uma das espécies de clima temperado, com excelente qualidade e valor comercial, sendo cultivada nos Andes, Europa, Califórnia e regiões brasileiras de clima ameno. Possui sabor doce e sementes soltas da polpa.


Atemoia: (Annona cherimola X Annona squamosa)
A atemoia é uma fruta híbrida que é obtida através do cruzamento da cherimoia (Annona cherimola, Mill) com a fruta-pinha (Annona squamosa, L.), pertencentes à família das anonáceas (a mesma da graviola).
São três variedades que estão bem aclimatadas no Brasil:

Pink Mammoth, que tem uma fruta grande e perfumada, doce e com poucas sementes.


Thompson, bem parecida, com um brix superior.




Gefner




Biriba: (Rollinia mucosa): Muito confundido por viveiristas e comerciantes de mudas com a fruta do conde e atemóia, esta variedade tem desenvolvimento muito rápido a partir de sementes.
Nomes populares: biribá, araticum, fruta-do-conde, fruta-da-condessa, condessa, ariticum, graviola-brava.
Planta de porte alto, nativa do Norte das Antilhas e Norte da América do Sul (Amazonas), a casca do fruto possui saliências em forma de escamas pontiagudas e é amarelado quando maduro. A polpa é translúcida, mole, suave, doce e aromática, frutos muito perecíveis e, portanto pouco comercializados




Ata - (Annona coriacea) anonácea do cerrado brasileiro, produz frutos grandes e bastante perfumados, utilizados na culinária para fabricação de licores, doces e sucos. 




Graviola – (Annona muricata L.) fruta comum na Venezuela, Norte e Nordeste brasileiros. Os frutos chegam a pesar mais de 8 quilos, a polpa congelada é comercializada no mercado interno e exportada, sendo o suco de excelente sabor. Bom potencial de plantio e mercado em São Paulo. As folhas são utilizadas no tratamento contra câncer, com comprovado efeito medicinal.


Coração de boi - (Annona reticulata) também conhecida como Conde ou Cabeça de Nego ou anona lisa, é normalmente encontrada em fundo de quintal. Fruta doce e saborosa, plantada comercialmente em pequena escala, pois a polpa tem textura arenosa. 



Pinha, Fruta do Conde - (Annona squamosa) - Essa é a verdadeira Fruta do Conde. O nome é uma homenagem a Dom Diogo Luís de Oliveira, Governador-Geral do Brasil (1627 a 1635). Segundo seu título de nobreza, Conde de Miranda. Fruta-do-Conde de Miranda. Era hábito do casal o de cultivar essa fruta, em seu quintal.  É uma planta da família Annonaceae, com tamanhos de 4 a 6 metros de altura, muito ramificada. É uma planta de clima tropical a subtropical, que não tolera temperaturas muito baixas.
Produz um fruto muito semelhante ao da Annona coriacea, tipo baga, quase esférico e recoberto de escamas verdes, com peso médio entre 200 e 400 gramas. Pode ser consumido ao natural ou em forma de sucos, doces ou sorvetes.

4 comentários:

  1. Bom dia! Tenho a coração de boi! Há muito procurava saber o nome! É deliciosa!

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber onde vende o fruto queria muito plantar, minha mãe quando era viva tinha um belíssimo pe dessa fruta

    ResponderExcluir
  3. Essa fruta lisa tinha na minha casa em joassuba Ecoporanga ES.so nos tínhamos.Éramos os únicos que tinha.
    Até que um invejoso derrubou a árvore frutífera.

    ResponderExcluir
  4. Aqui no meu quintal tem um pe da fruta do conde coração de boi, está carregado. Uma delícia!

    ResponderExcluir

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...