Como podar a Atemoia

A poda da atemoia, que é uma fruta híbrida que é obtida através do cruzamento da cherimoia (Annona cherimola, Mill) com a fruta-pinha (Annona squamosa, L.) deve começar a ser feita quando a planta ainda é jovem, obedecendo a sequência abaixo descrita:

A) Poda de formação – Esta poda visa dar a planta a melhor copa para produção e manutenção. A melhor época é quando a planta está em dormência, entre os meses de junho e agosto, na lua minguante (menor perda de seiva).

Primeiramente, manter um tronco(1da figura) de 40 a 50cm, que proporciona maior aeração, próximo ao colo da planta para controle fitossanitário. 
Entre 50 a 70cm(2), permitir o desenvolvimento de três ou quatro pernadas(3) bem distribuídas, deixando crescer dois ramos(4) de cada pernada, de 45 a 50cm; 
Esses ramos podem emitir quatro brotos(5) que deverão ser conduzidos de modo a proporcionar à copa a forma de taça. Nos ferimentos de corte, aplicar pasta de cobre  contendo sal de cozinha;


















b) Poda de produçãoTodos os anos, no período de julho a agosto, quando as folhas começam a ficar amareladas, as plantas são podadas. Nesse trabalho todos os ramos vigorosos que desenvolveram no último ano são encurtados a 20cm ou 30cm para estimular a brotação lateral e o florescimento. Os ramos laterais menos vigorosos, também devem ser encurtados. Deve-se também eliminar os ramos ladrões, doentes ou atacados por pragas, mal posicionados e em excesso. A planta deve ter copa com ramos abundantes e sem sobreposição para proteger os frutos contra incidência direta de raios solares. Entretanto deve permitir a aeração e luminosidade adequada para não criar ambiente favorável ao ataque de doenças e pragas.
Poda para produção tardia: Durante o verão (maior desenvolvimento das plantas), fazer poda leve, despontando os ramos escolhidos, de modo a ficarem com 40 a 50cm de comprimento; desse modo, provoca-se a emissão de ramos de florescimento, visando às produções fora da época normal. Depois de 30 a 40 dias ocorre o florescimento; 

c) Poda de limpeza – abertura da copa e limitação de crescimento vertical: antes do novo período vegetativo eliminar ramos doentes, mal dispostos, em excesso e aqueles da parte superior da copa (se necessário).

dDesbaste dos frutos: eliminar os frutos em excesso, principalmente na atemóia, e aqueles doentes, com defeitos, atacados pela broca ou que se encontrem encostados aos outros (ocorre maior ataque de broca).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...